Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Alegria de Viver Cada Dia

A Alegria de Viver Cada Dia, é encontrar uma forma de lidar com as adversidades. Escrevo pela alegria em escrever sobre a realidade do quotidiano, na esperança de encontrar uma solução que nos permita esboçar um sorriso.

A Alegria de Viver Cada Dia, é encontrar uma forma de lidar com as adversidades. Escrevo pela alegria em escrever sobre a realidade do quotidiano, na esperança de encontrar uma solução que nos permita esboçar um sorriso.

A Alegria de Viver Cada Dia

08
Jun22

Tachos e Panelas

Sol

Primeiramente, devo esclarecer que adoro partilhar uma boa refeição - seja num restaurante ou em casa - com a minha família, a minha cara-metade ou os meus amigos. Umas entradas, um prato principal caloroso e um bom vinho, sem esquecer de um docinho e um café para terminar em grande! 

Mas sinceramente, cozinhar?? Ai que tortura! Eu até me safo e, pelo menos até à data, continuo a receber pessoas em casa que se predispõem a comer, mas todas elas sabem que o faço por amizade e não por adorar passar 3 horas em frente ao fogão (quem diz 3 horas, diz 20 minutos). Todo o processo de: decidir o que preparar para o almoço/jantar (sim porque há restaurantes que têm uma carta de 10 páginas e eu não consigo decidir 1 prato que me apeteça fazer), consultar a amiga internet para saber como as pessoas com paciência preparam o dito petisco, ir até um supermercado que não me cause ânsias, voltar para casa e começar as preparações... Fico cansada só de pensar!

Felizmente o Universo decidiu cruzar o meu destino com o meu dito-cujo que, por sua vez, é cozinheiro de profissão. Ou terá sido o meu subconsciente? Confesso que o conheci no local de trabalho e, por isso, antes de saber o seu nome já sabia que tinha dotes culinários.... De qualquer forma, estou satisfeita! E felizmente, apesar de ainda não ter percebido o local ideal para deixar a toalha molhada, tenta facilitar-me este processo culinário que atormenta o meu ser. Mas, volta meia volta, lá me calha a mim, e se vocês vissem o meu ar de sofrimento a cozinhar, percebiam bem o que quero transmitir.

Ainda assim, fico super orgulhosa de mim quando sai qualquer coisita de jeito, e quando me questionam, "mas foste mesmo tu que fizeste?" - muitas vezes é inacreditável, de facto, mas a pessoa vai aprendendo uns truques. Já agora, e para não dizerem que eu não dou dicas úteis, deixo algumas ideias para as vossas refeições: carne à bolonhesa, frango estufado, salada de polvo, lulas grelhadas, bacalhau à brás e wrap de atum. Pronto, ficam as ideias para quando aí em casa não souberem o que fazer.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Sol 12.06.2022

    Tal e qual
    E o problema é que, por um lado, não gosto nada de ficar a olhar para o fogão, mas por outro, tenho medo de me distrair com algum passarinho e passar e nunca mais me lembrar que tenho comida ao lume.... No Verão vou mais para as saladas, sempre fica mais rápido e prático
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub